top of page

Espaços comerciais em tempos de redes sociais.

Atualizado: 14 de set. de 2022

Um passeio curto, uma viagem longa, um novo lugar, uma nova cidade, praia... basta um local em que você bata o olho e pense “isso aqui daria uma bela foto!”. É só sacar o celular, enquadrar e pronto! Já foi! Alguns arquivos de imagens ocupando o espaço do celular e as favoritas têm destino certo, aquela rede social de imagens que todos conhecemos: Instagram.


Apesar do costume existir antes mesmo do app, o termo se popularizou e com ele surgiu a expressão “lugares instagramáveis” - que com certeza você já deve ter escutado - pulando do outside para dentro dos ambientes.


E por que instagramável? Simples, o Instagram é o terceiro app mais utilizado no mundo e no Brasil. Só por aqui, são 122 milhões de pessoas que compartilham suas vidas através de bonitos clicks.


Fazer essa conexão entre o mundo real e o virtual é vital para uma conversa entre os que consomem e a marca, e isso tem sido usado por todos os segmentos que gostariam de estabelecer uma relação com os seus interlocutores, na busca de um lugarzinho no seus feeds – quem aí já não foi em um evento e deu de cara com um espaço montadinho para registrar?


Pegando esse gancho, os ambientes comerciais também entraram na dança, criando espaços com visual instigante, que desperta a vontade de interação e com a promessa de entrega de uma boa foto, como nos projetos a seguir.


As arquitetas Alexia Maeda e Valéria Coutinho, da Ripa Arquitetura, criaram um local baseado em um mix de revestimentos, texturas, cores e iluminação para a clínica de harmonização facial, em São Paulo - inclusive a gente já falou, algumas vezes por aqui, sobre a versatilidade e possibilidades de combinações do vinílico com outros materiais, veja aqui


As arquitetas Alexia Maeda e Valéria Coutinho, da Ripa Arquitetura, criaram um local baseado em um mix de revestimentos, texturas, cores e iluminação para a clínica de harmonização facial, em São Paulo - inclusive a gente já falou, algumas vezes por aqui, sobre a versatilidade e possibilidades de combinações do vinílico com outros materiais, veja aqui
Cores, iluminação e vinílico Bari - linha Versatile.

O cantinho com a poltrona, junto ao piso com a estampa amadeirada e os simpáticos ladrilhos, é um convite para uma selfie enquanto se espera a vez do atendimento.


Composição de piso que imita a madeira e ladrilhos no chão, com balcão e parede ripados.
Na recepção, que tal uma selfie enquanto espera?

A sala de atendimento, embora mais homogênea, vem com uma pitada moderna com a ousada divisória.

Sala com piso amadeirado e divisória moderna:um quadrado com cordas.
Estilo também, na sala de atendimento.

E a clínica veterinária também pode ser para registros de momentos! É o que nos mostra a arquiteta Rafaela Noll, com o mesmo piso e - coincidentemente - o mesmo desenho de espinha de peixe do projeto anterior.

Para este espaço charmoso, criado com todo amor para receber os pets e os equinos, a arquiteta usou a estampa Bari - linha Versatile - no chão, parede e teto criando uma unidade visual.


Recepção com amadeirado do chão ao teto.
Bari em todos os lados!

Quebrando um pouco a uniformidade, de um lado uma poltrona balanço com parede verde ao fundo e no outro, uma fonte para relaxar.


Imagem esquerda, poltrona balanço com parede com plantas ao fundo; imagem direita: duas poltronas e uma fonte de água.
Cantinho para relaxar!

Dois projetos para nos mostrar que até os espaços comerciais podem aliar criatividade à beleza.


Em ambos os estabelecimentos comerciais foi usada a estampa Bari, da linha Versatile, indicada para uso comercial que tenha alto tráfego de pessoas.


Quer conhecer a linha completa? Clique aqui


106 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page