• Finottato

Subindo pelas paredes!

Atualizado: Mai 12

O olhar apurado, além do convencional, para a parte interna dos ambientes, permitiu que os profissionais de arquitetura desbravassem cada espaço mais detalhadamente.


Como aliada, a quantidade de materiais e revestimentos para rechear os lugares é infinita, por isso, levar em consideração o maior número de benefícios e as possibilidades de criação, ajudam na hora de escolher as melhores opções.


A liberdade criativa faz um link direto com a versatilidade do produto e quando falamos em revestimento, não há como não mencionar o campeão desse quesito: o piso vinílico.

E ele, vem ganhando visibilidade e aparecendo cada vez mais em novos espaços de aplicações, mostrando que merece muito mais do que estar debaixo dos nossos pés: subindo pelas paredes e por que não, chegando até o teto.


Essa diversidade de aplicação deve-se ao pouco peso da régua, o que possibilita a colocação em paredes, em móveis e no teto.

*Importante mencionar que, somente os vinílicos colados possibilitam esses tipos de aplicações.





Ser flexível é preciso!

Materialmente falando, a flexibilidade da régua dá liberdade para fazer um bom acabamento, desenhar formas e moldar as peças, de acordo com a proposta do projeto, performando melhor que outros produtos do mercado - nas imagens, a régua aplicada na quina da torre mostra o quão maleável é o vinílico.






Projeto: LC Conceito - Foto: Eduardo Arruda

Fácil, extremamente fácil.

A dobradinha, facilidade de instalação e de manutenção, é sucesso quando surge algum imprevisto depois de já aplicado.

Mas, para garantir um resultado satisfatório, é imprescindível encontrar um instalador experiente.

A técnica de instalação para parede e teto é ainda mais limpa, fácil, rápida e sem ruído. A atenção vai para o adesivo acrílico, pois deve ser usado no local e na régua. É possível começar e terminar, sem que haja necessidade de interrupção e ainda, não precisa de rejunte, o que não acumula poeira.


E na substituição de alguma régua, é possível destacá-la individualmente no ponto do problema e o melhor, sem quebra-quebra e sujeiras, como acontecem com os revestimentos mais comuns do mercado (o processo costuma durar em torno de 20 minutos).

MUITO IMPORTANTE: antes da instalação do vinílico é necessário observar se há presença de umidade, caso afirmativo, é preciso sanar o problema.


O que o piso vinílico pode fazer por você?

A arquiteta Rafaela Noll - @rafaelanoll_arquitetura - , de Ijuí - RS, projetou a recepção da Clínica Companhia dos Bichos nos mostrando como a criatividade, aliada à versatilidade, pode produzir um resultado bem bacana.


Projeto: Rafaela Noll - Foto: Simetria Fotografia





“Este projeto teve como ponto focal o mesmo revestimento vinílico no piso, parede e forro, para criar uma unidade visual e proporcionar sensação de acolhimento ao cliente. Por ser recepção de uma clínica veterinária e laboratório de equinos, optamos por manter uma unidade central e ao mesmo tempo dividir em setores, de acordo com as diferentes funções” - nos contou a arquiteta.









Quer a sensação de amplitude no ambiente? Experimente criar superfícies contínuas usando vinílicos do chão às paredes; microambientes ou destaque de algumas partes dos espaços, também é possível! As possibilidades são infinitas, é só dar asas à imaginação e mãos à obra!







171 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo